Como é testada a força de uma mina grafite?

 
 
A Faber-Castell emprega no desenvolvimento das minas grafite equipamentos de última geração e de elevada precisão para a avaliação da resistência à quebra das minas. São dois os tipos de testes. O primeiro deles, empregado para avaliações durante a fase de desenvolvimento dos produtos e testes periódicos, avalia a resistência à quebra da grafite a partir de simulações de uso, em um ângulo específico e sob condições bastante controladas. Já no segundo teste, utiliza-se da resistência à flexão em três pontos, uma técnica bastante difundida em atividades de controle de qualidade, e que, no caso da Faber-Castell, respeita normas de ensaio e especificação internacionais. Todos os lotes produzidos de mina grafite são avaliados segundo esse teste de flexão em três pontos.

 
 
© 1761-2016 Faber-Castell | Última Atualização: 25.09.2012